46

Google DNS é encerrado no Brasil por causa das normas do Marco Civil

Por Redação em | 01.11.2013 às 13h16

Google

Depois do anúncio da presidente Dilma Rousseff sobre as novas legislações que entrariam em vigor com o Marco Civil da Internet, que será votado na próxima terça-feira (5), o Google decidiu interromper indefinidamente o seu famoso serviço de DNS no Brasil, o Google DNS. O serviço começou a encerrar as suas operações no país no dia 12 de setembro, data em que a presidente fez o anúncio de que empresas como Facebook, Twitter, Yahoo!, Google e outras ligadas à internet seriam obrigadas a armazenar os dados de usuários brasileiros em território nacional.

O Brasil é a maior economia da América Latina e é um dos países com a maior taxa de crescimento de internautas no mundo. Se empresas como o Google sentirem que precisarão encerrar os serviços prestados em um mercado tão significativo devido às novas restrições no país, os brasileiros e provedores de conteúdo internacionais que atuam aqui poderão começar a sofrer as consequências da nova legislação na Internet.

Como publicado pelo Renesys, um representante oficial do Google confirmou o desligamento dos serviços, mas não disse a real causa:

“Atualmente, as consultas ao Google DNS vindas do Brasil (e talvez alguns outros países da América Latina) estão sendo tratadas em servidores nos EUA. Consequentemente, vocês podem estar enfrentando respostas mais lentas do que antes. Lamentamos o transtorno e estamos trabalhando para recomeçar os serviços no Brasil em um futuro próximo.”

Parece ter sido no mínimo prudente que, ao ouvir da nova lei de privacidade no Brasil, o Google tenha começado a interromper os serviços no país, enquanto aguarda a revisão da versão final da nova legislação pelos seus advogados. Essa revisão pode decidir como o Google poderia voltar a prover os seus serviços no Brasil, como o Google DNS.

Google DNSFoto por: Renesys

O novo Marco Civil da Internet pode representar o princípio do encerramento dos serviços de várias empresas no Brasil, inclusive de companhias como Facebook e Yahoo! Mail. As empresas teriam que investir em estruturas dedicadas no país apenas para servir os usuários brasileiros, coisa que dificilmente acontece também nos outros países.

Com essa mudança, podemos começar a ver por aqui serviços locais alternativos, como acontece na China e Rússia com o Baidu e o Yandex, que são a versão local do Google nestes países.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

FIQUE ATUALIZADO
RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS POR E-MAIL