Comércio mobile no país cresce 83% no último ano

Por Redação | em 06.08.2014 às 14h00

m-commerce

O mercado mobile no Brasil cresceu consideravelmente no último ano. De acordo com a empresa de consultoria e-Bit, o crescimento nos últimos 12 meses no setor de m-commerce subiu 83% no Brasil, confirmando que as apostas das empresas em plataformas que possibilitem compras por meio de tablets e smartphones foram muito bem acertadas, conforme noticia o site Código Fonte.

Apesar do aumento exponencial, as transações realizadas por dispositivos móveis ainda não representam uma fatia tão considerável assim das vendas no comércio eletrônico brasileiro. Prova disso é que em junho de 2013, elas significavam apenas 3,8% do total, e mesmo com o aumento, passou a representar apenas 7% do mercado, totalizando quase três milhões de transações efetuadas. Contudo, apesar de não ser uma quantia significativa para o comércio eletrônico brasileiro no geral, o crescimento tem demonstrado que em pouco tempo as cifras serão maiores e que as empresas desde já podem apostar no acesso via aparelhos mobile para venderem seus produtos ou serviços.

De acordo com a e-Bit, no próximo ano o m-commerce pode significar 10% das vendas de todo o mercado eletrônico no país. A proporção ainda estará longe do mercado norte-americano, onde o comércio mobile movimenta 29% do comércio eletrônico, conforme os dados do Forrester Research revelam.

O m-commerce brasileiro movimentou no último ano cerca de R$ 1,13 bilhão, segundo a pesquisa. Os segmentos que mais venderam foram os de Moda e Acessórios, Cosméticos e Produtos de Saúde e Eletrônicos, com 18%, 16% e 11% das vendas, respectivamente.

As informações do e-Bit mostram que o crescimento poderia ter sido ainda maior no último ano, mas o m-commerce no Brasil ainda enfrenta muitas dificuldades para evoluir. Uma das principais dificuldades é o sistema de pagamento móvel, recém-chegado por aqui. São poucas as lojas que aderiram ao sistema e isso impede que compras sejam realizadas fora do PC, por exemplo. A baixa qualidade da internet móvel e o preço de utilização também são alguns dos problemas do setor.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar