Forbes lista dez tendências para comunicação corporativa em 2015

Por Redação | em 17.12.2014 às 12h50

Comunicação

Na busca por potencializar a produtividade e a colaboração da força de trabalho, as empresas têm se dedicado a melhorar as soluções de comunicações entre funcionários. Tentando fazer com que o trabalho em conjunto possa ser desenvolvido com menos esforço e mais eficácia, meios tradicionais, como o e-mail, estão sendo questionados sobre sua capacidade de dar suporte adequado às novas formas de comunicações corporativa, enquanto soluções móveis ganham mais espaço no segmento.

A revista Forbes preparou uma lista com dez tendências que devem agregar mais valor à comunicação corporativa em 2015, visando que as empresas invistam em mais tecnologias que permitam colocar “a informação certa nas mãos certas, na hora certa”.

1 - Mensagens em tempo real no local de trabalho

Um item essencial para a vantagem competitiva e maior retorno financeiro das empresas será aproveitar o tempo hábil no local de trabalho. Para tal, formalidades adotadas no e-mail, por exemplo, tendem a desaparecer para que haja uma comunicação mais fluída, usando as soluções em comunicações móveis para dar suporte à maior agilidade na troca de informações.

2 – Business Inteligence 

É esperado que no próximo ano as ações de business inteligence sejam mais voltadas aos funcionários. Usadas normalmente para otimização de desempenho e alocação de recursos em maior escala, as plataformas de BI normalmente não incluem as contribuições individuais dos funcionários e é esperado que elas possam chegar a esse nível mais granular do planejamento estratégico. 

3 – Soluções leves

O uso de soluções leves e fáceis de implantar vai adicionar mais valor às empresas em 2015. Será necessário que as companhias sejam capazes de manter o ritmo de implantações de TI, com uma velocidade adequada à era mobile, que será possível por meio de integrações leves. O objetivo é que as soluções baseadas em nuvem ganhem força e eliminem a necessidade de consultores para realizar integrações, fazendo com que elas fluam com mais facilidade no ambiente corporativo.

4 – Soluções intuitivas

Empresas devem ouvir mais seus funcionários, em particular os voltados para as áreas móveis, para determinar as melhores soluções na gestão, priorizando aquelas mais simples e com ferramentas mais leves. Ouvindo os funcionários as empresas possuem mais chances de implantar soluções mais eficientes para as necessidades do empregado e que tornem o trabalho mais agradável e eficiente. Isso também deve influenciar a predominância de fornecedores de soluções intuitivas.

5 – Menor número de soluções 

Os últimos anos têm sido marcados por uma extensa gama de soluções oferecidas aos funcionários na expectativa de que o maior número de meios permita mais agilidade. No entanto, a infinidade de fluxos e grande número de soluções tem tornado o trabalho mais complexo e difícil. Para o próximo ano, é esperado que as empresas diminuam o número de soluções disponíveis, mas valorizem as mais eficazes de acordo com o retorno dos próprios funcionários.

6 – Vida profissional separada da vida pessoal

Os trabalhadores vão optar por ter caixas de entrada separadas para as mensagens de trabalho e mensagens pessoais, em uma tentativa de separar os dois ambientes, em um cenário onde o hardware para ambos tem se unificado, como o smartphone. Isso será motivado pelo uso crescente dos recursos móveis no local de trabalho, onde executivos, profissionais de TI e trabalhadores em geral sentirão mais necessidade de controlar e gerenciar separadamente os conteúdos profissionais e pessoais. 

7 – Uso corporativo dos chats

Está mais disseminada a ideia de que as redes sociais não apenas podem ser usadas como uma distração no trabalho, mas o uso em particular das ferramentas de chat tem chamado a atenção no ambiente corporativo. Mais empresas vão adotar o uso de mensagens instantâneas, como do chat do Facebook, para aprimorar sua comunicação interna, além de preparar os funcionários para essas ações. 

8 – Trabalho colaborativo

Em 2015 as empresas estarão mais propensas a soluções que permitam que os funcionários trabalhem de forma colaborativa, ajudando uns aos outros nas soluções de problemas. A comunicação mais simples vai ajudar a ser posto em prática um compartilhamento mais fácil de conhecimentos, sem a necessidade de vias formais, como o e-mail. Esse relacionamento irá também melhorar a satisfação dos empregados no ambiente de trabalho.

9 – Home Office

A tendência é que o trabalho remoto (home office) continue crescendo nos próximos anos, no entanto, com as ferramentas adotadas para aprimorar a comunicação dentro das empresas, cada vez menos o trabalho remoto será tido como distante. Mensagens rápidas, uso de chats, conversas em grupo e chamadas instantâneas vão fazer com que os funcionários remotos se sintam próximos do escritório e dos colegas, mesmo trabalhando a distância.

10 – Menor tempo de treinamento em TI

O tempo gasto para treinar funcionários para o uso de soluções em TI será cada vez menor. Serão privilegiadas as alternativas que sejam de fácil implementação e mais familiares aos funcionários. Dessa forma as novas soluções necessitaram de menos tempo para serem postas em prática pela equipe, agregando mais valor ao serem facilmente manejadas pelos empregados.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar