Pesquisa revela que tecnologia é prioridade para CEOs

Por Redação | em 18.05.2015 às 10h29

internet

Os diretores executivos, ou CEOs (do inglês, Chief Executive Officer), precisam ter uma visão macro de sua empresa para realizar uma gestão eficaz, porém também é preciso elencar prioridades. Um levantamento realizado pela empresa de consultoria Gartner apontou que o crescimento é a preocupação número um desses profissionais. 

Todos os anos o Gartner pede que CEOs façam uma lista com suas cinco prioridades para os negócios e este ano o crescimento foi considerado prioridade máxima mais uma vez. De acordo com a pesquisa intitulada "CEO Survey 2015", as mudanças relacionadas à tecnologia são vistas como a principal ferramenta para atingir essa meta em 2015 e em 2016. 

"A segunda categoria mais importante entre as prioridades para os negócios em 2015 e 2016 está relacionada à tecnologia. Essa é a posição mais alta já alcançada por este item na pesquisa, desde 1999, e acreditamos plenamente que os CEOs estejam mais concentrados do que nunca nesta área", disse Mark Raskino, vice-presidente e associado do Gartner.

Os tópicos referentes ao consumidor também aparecem no plano principal para a maioria dos entrevistados. Sobre investimentos em tecnologia nos próximos cinco anos, 37% dos líderes de negócios classificaram a gestão participativa dos consumidores como uma capacidade de liderança proporcionada pela tecnologia, seguida por digital marketing (32%) e business analytics (28%).

Outro tema que merece destaque pelo alto reconhecimento são os negócios baseados na nuvem. Mas a grande revelação da pesquisa foi a ascensão meteórica da Internet das Coisas, tecnologia que apareceu muito pouco nos levantamentos realizados em anos anteriores. 

O quesito segurança também foi abordado pelos profissionais. Dentre os entrevistados, 77% concordam que "o mundo digital está criando novos tipos e níveis de risco para os negócios" e 65% percebem que "os investimentos em práticas de gestão de riscos não estão acompanhando os novos e mais altos níveis de risco".

A pesquisa do Gartner foi realizada com 400 líderes de negócios de organizações globais durante três meses. A maioria das empresas participantes do levantamento possui receita anual igual ou superior a US$ 1 bilhão. Os resultados indicam condições positivas para os negócios, embora não espetaculares, num cenário no qual a estabilidade é fundamental para garantir investimentos estratégicos.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar