Apple e Google dão os primeiros lances para a compra de patentes da Kodak

Por Redação em | 07.08.2012 às 18h35

kodak

Nesta segunda-feira (6), a Apple e o Google iniciaram a rodada de ofertas pelas patentes da pioneira na fotografia Kodak. O valor oferecido pelos papéis ficou muito abaixo dos US$ 2,6 bilhões estimados pela empresa.

De acordo com o The Wall Street Journal, a empresa recebeu ofertas de dois grupos com valores entre US$ 150 milhões e US$ 250 milhões pelas patentes. O leilão está previsto para acontecer na próxima quarta-feira (8).

Kodak LogoO valor arrecadado com a venda das patentes será usado para quitar dívidas da empresa

No mês passado, rumores surgiram afirmando que a Apple estaria se unindo à Microsoft e à Venture Intelectual para enviar uma licitação contrária ao grupo formado por empresas como Google, Samsung, HTC e LG para a compra das patentes da Kodak.

Pessoas ligadas à empresa afirmam que uma oferta no valor de US$ 600 milhões pelo portfólio da Kodak será considerada muito 'saudável', já que a companhia entrou com pedido de falência em janeiro deste ano devido a problemas financeiros.

"O processo de leilão, incluindo informações sobre as propostas e a identidade dos concorrentes, está nos termos confidenciais de uma ordem do Tribunal de Falências", afirmou ao AppleInsider um porta-voz da Kodak. "Divulgação de propostas apresentadas ou a identidade dos licitantes violaria a ordem do tribunal, e a Kodak acredita que a especulação sobre os detalhes e resultados potenciais do leilão são inapropriados".

Ao todo, a empresa está leiloando 1.100 patentes relativas à captura e processamento de imagens digitais, e outras sobre a análise e armazenamento de imagens digitais. O leilão será definido no dia 13 agosto com o anúncio do licitante vencedor da disputa.

O valor arrecadado com a venda das patentes será destinado ao pagamento de mais de US$ 950 milhões em empréstimos e concluir uma reestruturação societária da empresa.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

RECEBA NOSSAS
NOTÍCIAS POR E-MAIL
ASSINE NOSSA NEWSLETTER DIÁRIA