A tecnologia a serviço da evolução empresarial

Por Boris Kuszka RSS

Business Intelligence

O crescimento exponencial de aplicativos para celular, redes sociais e um novo mercado, como os serviços on demand, por exemplo, fez com que os negócios em geral tivessem que se adaptar a este momento. No mundo da Tecnologia da Informação é fundamental promover inovações rápidas, com eficiência e agilidade.

Todo o ecossistema – clientes, distribuidores, colaboradores e fornecedores - deve ser conectado para garantir a maximização de resultados. Dessa forma, a inteligência de processos também deve ser otimizada. Não temos mais como trabalhar no modelo de tentativa e erro.

Por tudo isso que o Business Intelligence (BI) chegou para valer. Um cenário complexo exige ferramentas que ajudem os negócios a serem ainda mais eficientes. A manutenção preditiva é algo que está em alta. Afinal, quem tem tempo para ficar solucionando problemas ao invés de pensar no desenvolvimento do trabalho?

Na empresa que represento já dispomos de uma ferramenta responsável pela análise de problemas, o Red Hat Insights. Ele coleta dados de todos os clientes do mundo, elaborando padrões de suportes preditivos utilizando algoritmos de “machine learning”. Para se ter uma ideia de sua importância, ele é gratuito para as dez primeiras subscrições, em nosso Red Hat Enterprise Linux, nossa principal plataforma de negócios. Isso eleva o valor agregado ao software, além de aumentar sua segurança e credibilidade: eleva o uptime do sistema e diminui os riscos de segurança.

Um ambiente de TI precisa de três grandes pilares: eficiência, agilidade e inovação. E isso não é fácil. A proximidade entre o homem e a máquina está cada vez maior. Tecnologias cognitivas também fazem parte da Inteligência empresarial. Informatizar esse ambiente aumenta seu diferencial competitivo.

Quanto mais utilizarmos o potencial oferecido pelas ferramentas que dispomos em tecnologia, mais seguiremos na direção da evolução. Caminhar com conhecimento é uma forma de criar ainda mais oportunidades em negócios.

No fim do dia, utilizar algoritmos de inteligência artificial para auxiliar na tomada de decisões reduzem o custo e o risco, sobrando um pouco mais de banda (tanto tempo como dinheiro) para se preocupar com a estratégia.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!

Boris Kuszka é o Diretor dos Arquitetos de Solução da Red Hat.

Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar