Snapchat ainda não conseguiu emplacar anúncios rentáveis

Por Redação | em 03.05.2017 às 15h12

Snapchat

O Snapchat já foi a rede social do momento, atraindo a atenção dos principais nomes da internet e recusando ofertas bilionárias para ser vendida a um rival. Contudo, a audiência da plataforma vem caindo (especialmente após o lançamento de recursos semelhantes em serviços do Facebook) e, agora, a companhia se vê diante de outro problema: a incapacidade de capitalizar seu produto com anúncios.

Uma tendência já antecipada por especialistas da área foi confirmada recentemente pela Social Media Examiner. Segundo o relatório divulgado pelo site eMarketer, a receita proveniente de publicidade no Snapchat é ínfima quando comparada com a dos seus principais rivais. Enquanto a rede social do fantasma arrecadou US$ 770 milhões com anúncios no primeiro trimestre de 2017, o Google faturou US$ 5,24 bilhões e o Facebook foi ainda mais além, com US$ 16,33 bilhões.

(Fonte: eMarketer)

Apesar de ser apontada como a plataforma ideal para a realização do chamado marketing de influência, o Snapchat também não emplacou neste sentido. De acordo com dados de pesquisa do Blogvin, quando perguntados sobre qual a plataforma ideal para isso, os profissionais de marketing consultados em sua maioria optam pelo Instagram — 91% deles.

O Snapchat foi lembrado em apenas 32% das respostas, ficando atrás de Facebook (80%), Twitter (75%), blogs (73%), YouTube (54%) e Pinterest (33%). Vale lembrar que estes dados se restringem apenas ao mercado estadunidense, mas é difícil imaginar que o desempenho do Snapchat em outros países seja muito diferente.

Fonte: eMarketer

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome